top of page

O que esperar do Danielzinho na Maratona de Hamburgo?

Neste domingo, 23 de abril, Daniel do Nascimento e mais dois brasileiros disputam os 42 km de Hamburgo em busca de boas marcas.

Foto: Fábio Schuller
Danielzinho posa com outros atletas de elite da Maratona de Hamburgo na coletiva de imprensa

Daniel do Nascimento, o Danielzinho, participou da coletiva de imprensa da prova alemã, ontem, dia 20 de abril, e ao ser perguntado se seria o favorito entre os brasileiros, afastou a pressão respondendo que o "favorito no Brasil é o Palmeiras". Disse também que está bem preparado, que têm treinado em Uganda o que o deixou com pernas mais fortes e estudou o percurso da prova.


Eu, pessoalmente, achei uma boa ele ter optado por Hamburgo ao invés de Boston ou Londres, pois dessa maneira acaba afastando a pressão por resultado depois do que aconteceu em Nova York, em que exagerou na dose e teve que abandonar a prova.


Em papo com o Flávio Schuller, que têm cuidado da carreira do Daniel (e está com ele em Hamburgo), o atleta amadureceu depois do que aconteceu em NY e tem se consultado semanalmente com uma psicóloga esportiva - fatores que todos nós considerávamos essenciais para um cara tão talentoso como ele. Com a cabeça no lugar, não consigo imaginar onde ele conseguirá chegar. Espero que o primeiro passo seja a sua redenção em Hamburgo, lembrando que seu melhor tempo em maratonas é 2:04:51 em Seul 2022.


Outro brasileiro na elite é Johnatas Cruz, que já foi campeão panamericano de cross-country e medalha de prata por equipes no Canadá 2019, que tinha Danielzinho como integrante. Cruz estreou em maratonas em dezembro de 2022 em Málaga, Espanha. Ele estava indo muito bem, com previsão de tempo sub 2h08, no entanto, no km 35 foi atacado por câibras, teve que reduzir o ritmo e completou a prova com 2h20. A expectativa do Fran Kauê, seu treinador, é que o atleta consiga o índice para o Mundial de Atletismo de Budapest, que é 2:09:40. É uma expectativa que pode ser alcançada, já que o ciclo de treinamento dessa vez foi mais longo e chegou um pico de 250 km na semana.


Samuel do Nascimento, o Samuca, que é apoiado pelo pessoal do Mania de Corrida, também está na prova, mas não conseguiu uma vaga para largar no pelotão de elite. Isso significa que não conseguirá vaga nas mesas de hidratação especial e terá que fazer sua própria estratégia de reposição. Eu conversei com ele e Samuca me disse que ele e seu treinador fizeram alguns ajustes no treinamento e está indo para tentar bater o seu recorde pessoal, uma marca que fique abaixou de 2h13 já estaria de excelente tamanho.


O Brasil tem história em Hamburgo. Em 2004, Vanderlei Cordeiro de Lima venceu a prova com 2:09:39. Quem sabe a gente não tem mais um nome brasileiro na listagem de vencedores da prova alemã no domingo? Não custa sonhar, né?


A prova será transmitida pelo canal do Youtube oficial da competição, começando às 3:45 da manhã, no horário de Brasília, com a meia-maratona e revezamentos. A maratona tem largada prevista para às 4:30 da manhã.



Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page