top of page

Um mihão de euros pelo recorde mundial da maratona. Alguém se habilita?

Atualizado: 5 de dez. de 2023

O valor será oferecido a quem bater o recorde na Maratona de Valência em 2024
maratona de valencia um milhao de euros
Sissay Lemma venceu a Maratona de Valência este ano com 2:01:48. Será que tentará o milhão no ano que vem?

Juan Roig, presidente da Fundação Trinidad Afonso e mecenas da Maratona de Valência, afirmou logo após a premiação da prova que no ano que vem pretendem oferecer 1 milhão de Euros para quem bater o recorde mundial nas ruas valencianas. O valor é o equivalente a pouco mais de R$ 5,3 milhões. Apesar de parecer algo dito no calor do momento, a notícia se confirmou hoje. "Queremos anunciar que daremos um milhão de euros a quem bater o recorde do mundo em Valência. Vamos dividir o valor, eu e o Paco (Diretor da prova e que estava ao seu lado durante o anúncio). É uma das ilusões que temos e com ela nós sonhamos de que se bata aqui o recorde mundial. Temos muito trabalho a fazer", disse Roig.


Depois afirmou que tem certeza que isso acontecerá: "Eu sei que algum dia o recorde mundial chegará a Valência. Não sei quando, mas sei que chegará. Lutaremos por isso”.

Só para registro: o recorde masculino da maratona é 2:00:35, estabelecido por Kelvin Kiptum, do Quênia, em Chicago 2023 e o feminino é 2:11:53 da etiope Tgist Asefa, feito em Berlim, também este ano.


É bom também lembrar que a Maratona de Dubai ofereceu esse valor no inicio de sua disputa, mas os tempos dos vencedores nunca chegaram muito perto de conseguir tal façanha, algo que não se pode dizer sobre Valência, já que no ano passado Kelvin Kiptum ficou a pouco mais a 14 segundos do recorde de Kipchoge (2:01:53 até então) e este ano, o etiope Sissay Lemma melhorou para 2:01:48. Os tempos obtidos pelas mulheres também são excelentes - no ano passado, Amane Beriso venceu com 2:14:58 e Worknesh Degefa foi a campeã deste ano com 2:15:51.


O que será necessário para o recorde ser batido na Maratona de Valência? Obviamente atletas capazes de se desafiarem a correr abaixo de 2:00:35 (enquanto o recorde permanecer sendo esse, claro) e coelhos bons o suficiente para passar a primeira metade da prova abaixo de em 1:00:15, tarefa que só seria fácil para quem tem meia-maratona abaixo de 59 minutos, porque o ritmo proposto tem que ser sustentado ao menos até o km 30. Minha aposta fica com o atual recordista mundial da prova, o queniano Kelvin Kiptum, que deve ter ouvido estralos no seu ouvido com o valor oferecido por Valência, prova que venceu em 2022, sua estreia.


No caso das mulheres a questão dos pacers é sempre um pouco mais "simples", pois a organização contrata pacer homens e é mais fácil encontrar atletas que possam ajudar as mulheres a passar a meia para 1:05:25. A questão fica em achar qual será a atleta que irá encarar esse desafio. Eu boto minhas fichas na Sifan Hassan.


Alguém se habilita para ese desafio? Em quem vocês apostam?


1.323 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page