top of page

Kipchoge versus Kiptum em Berlim. Será?

Ainda não há nada oficial, mas tudo indica que teremos a prova do século na capital alemã

Os Deuses da Corrida devem ter mexido seus pauzinhos e está se desenhando o que poderá ser considerada a prova do século e o embate entre duas gerações na Maratona de Berlim, considerada a mais rápida do mundo e palco de diversos recordes mundiais.


De um lado do ringue estaria Eliud Kipchoge, 38 anos, o G.O.A.T., o Greatest Of All Time, o melhor de todos os tempos, com um cartel de dois recordes mundiais, 18 maratonas e 15 vitórias.

Entre essas 15 vitórias, destaca-se dois ouros olímpicos (Rio 2016 e Tóquio 2021) e 10 dessas vitórias vieram em majors - ele é tetracampeão de Berlim (2015/17/18/22), tetra de Londres (2015/16/18/19), campeão em Chicago (2014) e Tóquio (2022). Ele é o atual detentor do recorde mundial, 2:01:09 (Berlim 2022).

 

Continua depois do anúncio

 
Do outro lado do ringue, pode ser que vejamos Kelvin Kiptum, de 23 anos, que tomou o mundo da maratona de assalto com apena duas maratonas e duas vitórias sensacionais em seu cartel.

Em sua primeira, em Valência 2022, assustou a todos ao vencer a prova em 2:01:53 (recorde do percurso), fazendo a segunda metade em 1:00:15, e se tornando assim, o terceiro homem a quebrar a barreira das 2:02, com o quarto melhor tempo da história. Sua segunda maratona foi ainda mais impressionante: venceu Londres 2023 com 2:01:25, também recorde do percurso, fazendo a segunda metade em absurdos 59:45. Está claro que Kiptum não sabe brincar.

 

Continua depois do anúncio

 

O pelotão de elite ainda não oficialmente anunciado pela Maratona de Berlim, mas nos bastidores, já é sabido que Kelvin Kiptum teria aceito correr a prova alemã logo após sua vitória acachapante em Londres. Nos corredores no Quênia e entre agentes internacionais de atletas, já está dado como certo o fato de Eliud Kipchoge também ter aceito correr Berlim para que possamos ver o embate de gerações, com quem sabe, mais um recorde mundial, por que não?


Se isso acontecer, será o Kip vs Kip, o Kip-Challenge. Kip-erigo para o recorde mundial...

De qualquer forma, precisamos exatamente da confirmação da prova alemã porque é claro que as maratonas de Chicago, Nova York e Valência devem estar em um tremendo leilão para ver quem leva um dos dois ou ambos. Aguardemos!

 

Tem circulado a informação de que Kiptum e outros grandes atletas teriam pedido dispensa para não correr a maratona do Mundial de Atletismo para correr alguma prova do segundo semestre. Olha, isso sempre acontece e é mais comum do que parece porque o Quênia nunca leva time "A" para o Mundial. A única maratona em que eles jamais pedem dispensa é a dos Jogos Olímpicos, por motivos óbvios.



946 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 Comments


Corrige aí o titulo, Serjão.

Like
Sergio Rocha
Sergio Rocha
Jun 15, 2023
Replying to

Tá corrigido

Like
bottom of page