top of page

Danielzinho fica em quarto na Maratona de Hamburgo e já tem o índice olímpico para Paris 2024

Brasileiro fica atrás de trio queniano. Bernard Koech bate recorde do percurso.

Danielziho termina em quarto lugar na Maratona de Hamburgo, com 2:07:06, tempo abaixo do índice olímpico
Danielziho termina em quarto lugar na Maratona de Hamburgo, com 2:07:06, tempo abaixo do índice olímpico

Com o tempo de 2:07:06 e a quarta colocação na Maratona de Hamburgo, neste domingo (23), o brasileiro Daniel do Nascimento, o Danielzinho, conseguiu garantir, temporariamente, sua classificação para a maratona dos Jogos de Paris-2024. O índice olímpico determinado pela World Athletics é de 2:08:10.

Além de estar provisoriamente com uma das vagas brasileiras nas Olimpíadas, Danielzinho, único maratonista não nascido na África mais rápido da história na maratona, com 2:04:51, obtido na Coreia do Sul, em 2022, está garantido no Mundial, que acontece em Budapeste, em agosto deste ano.

Outros dois brasileiros disputaram a prova alemã. Jonathas de Oliveira, com 2:10:42, seu recorde pessoal, ficou na 14ª colocação, enquanto Samuel do Nascimento, com 2:15:01, terminou em 21º. A vitória na Maratona de Hamburgo foi do queniano Bernard Koech, com 02:04:09, novo recorde do percurso. O segundo colocado foi o também queniano Joshua Belet, com 02:04:33, seguido pelo compatriota Martin Kosgei, com 02:06:18.

O queniano Bernard Koech vence a Maratona de Hamburgo com 2:04:09, novo recorde do percurso
O queniano Bernard Koech vence a Maratona de Hamburgo com 2:04:09, novo recorde do percurso

Queniana vence

No feminino, a vitória foi da queniana Dorcas Tuitoek, com 2:20:09. A etíope Tiruye Mesfin finalizou com 2:20:18, com a ugandense Stella Chesang em terceiro, com 02:20:23.

INDICE OLÍMPICO. Para as Olimpíadas de 2024, há duas maneiras de classificação para as provas de atletismo: 50% dos atletas terão que estar abaixo do índice exigido e os 50% restantes serão determinados pelo ranking mundial. O período para obtenção de tempo começou em 1º de novembro de 2022 e vai até 30 de abril de 2024.

Nas Olimpíadas de Tóquio, o Brasil teve representantes somente no masculino. O primeiro a se classificar foi correr abaixo do índice exigido na época, de 2:11:30, foi Daniel Chaves, com 2:11:10 na Maratona de Londres, no dia 28 de abril de 2019. O segundo foi Paulo Paula, que completou a Maratona de Sevilha, na Espanha, em 2:10:08, no dia 23 de fevereiro de 2020. O último a conseguir a vaga foi Daniel Nascimento, que, em sua primeira maratona, venceu a maratona “O Bicentenário do Peru”, em Lima, no dia 23 de maio, com o tempo de 2:09:04. Dos três, o único que completou a maratona olímpica foi Paulo Roberto, com 2:26:08. Os outros dois abandonaram a prova.

Link para os resultados da Maratona de Hamburgo

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page