top of page

Corrida por uma boa causa

Wings For Life acontece neste domingo (7), simultaneamente, em mais de 190 países com o objetivo de angariar fundos em prol da cura da lesão medular


Largada da Wings For Life. Prova, em 2022, que acontecu em 192 paíeses, reuniu mais de 160 mil corredores. (Divulgação)
Largada da Wings For Life World Run. Desde que foi criada, em 2014, prova já reuniu reuniu mais de 500 mil corredores. (Divulgação)

O lema “Correr por aqueles que ainda não podem”, da Wings for Life World Run, terá uma celebração especial neste domingo (7), em sua 10ª edição. Famosa por não ter uma linha de chegada fixa, a corrida vai acontecer, simultaneamente, em aproximadamente 190 países, com a expectativa de participação de mais de 150 mil pessoas, por uma causa nobre: arrecadar fundos para a Fundação Wings for Life em prol da cura da lesão medular.


Para aqueles que quiserem participar desta corrida, as inscrições ainda estão abertas e devem ser feitas pelo aplicativo da Wings For Life, no valor de R$ 49.


Ao contrário das corridas tradicionais, na Wings For Life World Run é a linha de chegada que persegue os atletas. O chamado “Catcher Car” (carro perseguidor) larga 30 minutos depois dos competidores e vai aumentando sua velocidade gradativamente, alcançando cada um dos corredores e os vai eliminando. Vence aquele que for o último a ser ultrapassado. No Brasil, a largada virtual acontece às 8h.

Esse conceito permite que qualquer um participe do evento, independentemente do nível de treinamento - os mais lentos são alcançados mais cedo, enquanto os grandes atletas ficam correndo durante horas. Desde 2014, quando foi lançada, a Wings for Life World Run já contou com mais de 500 000 pessoas de 193 nacionalidades em mais de 66 países dos sete continentes.


Corrida já arrecadou € 38,3 milhões em donativos, todos investidos em pesquisas


Quando a entidade foi criada, em 2004, por Dietrich Mateschitz, fundador da Redbull, e Heinz Kinigadner, piloto de motocross, com familiares com lesões na medula e amigo de Mateschitz, as pesquisas sobre o assunto, assim como financiamentos, eram poucas.


A partir de 2014, com o surgimento da Wings for Life World Run, a situação mudou. Desde então já foram angariados um total de € 38,3 milhões em donativos, todos investidos em pesquisas. Só na edição do ano passado, foram arrecadados € 4,7 milhões, conseguidos pela participação de 161.892 corredores de 192 países. Como diz Anita Gerhardter, CEO da Wings For Life: “Esta corrida é algo muito especial. Qualquer pessoa pode participar e todas as taxas de inscrição são doadas para uma boa causa, Quanto mais dinheiro arrecadamos, mais estudos podemos ajudar a financiar, e mais rápido podemos atingir nosso objetivo geral”.


Wings for Life World Run App

O Wings for Life World Run App permite que todo mundo, em qualquer lugar, participe. Com o aplicativo, os corredores podem participar da prova e serem perseguidos pelo Carro Perseguidor virtual. As pessoas podem definir seu próprio percurso enquanto participam individualmente da Wings for Life World Run ou, então, participar de alguma "App Run" organizada previamente em determinados lugares, onde as pessoas correm juntas usando o aplicativo.


Sobre a Fundação Wings for Life

No mundo todo, milhões de pessoas dependem de cadeira de roda depois de sofrerem algum tipo de lesão medular, geralmente relacionada à acidente de carro ou a quedas. A Wings for Life é uma Fundação sem fins lucrativos voltada para pesquisas da medula espinhal, com o objetivo único de encontrar a cura para isso. Desde 2004, a Wings for Life financia pesquisas, projetos e testes clínicos ao redor do mundo. Enquanto a cura ainda não foi encontrada, 100% do valor arrecadado com as inscrições da Wings for Life World Run ajudarão essas pesquisas. Já são 67 pesquisas sendo financiadas em 15 países.


45 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


Neste domingo é 07 de maio e não dia 05, como diz no post.

Like
bottom of page